Skip to content
3 de agosto de 2011 / Espaço do Empreendedor

Não leve seu sócio(a) para cama e nem seu marido/esposa para a empresa

by valeria nakamura

Em 1992, comecei a namorar meu marido. Em 1997, ficamos sócios em nossa primeira empresa. Em 2003, nos casamos. Em 2011, continuamos casados, sócios e com uma filha de 5 anos.

Posso afirmar que meu marido (maravilhoso) é o melhor sócio que eu poderia ter. Somos muito diferentes em muitas coisas, porém conseguimos trabalhar nossas diferenças e alinhar nossas semelhanças em prol de nossos objetivos de vida.

Muitas pessoas me perguntam: “Como vocês conseguem? Qual o segredo?”

Não existe segredo, o que realmente existe é o RESPEITO e a CUMPLICIDADE.

Respeito pelos desejos do outro, da forma de ser, de suas crenças.

Cumplicidade em relação às nossas metas compartilhadas, a vontade de chegar ao mesmo lugar e juntos.

Em alguns momentos, discordamos na forma de ver a situação, mas isso não nos impede de chegar a um consenso (que nem sempre é fácil, mas é possível).

Acredito que depois de tanto tempo posso dar algumas dicas para quem deseja se tornar sócio de seu marido ou esposa:

1. Se vocês não souberem separar assuntos pessoais dos profissionais, não façam essa sociedade.

2. Definam claramente os papéis de cada um na empresa.

3. Nunca discutam na frente dos funcionários.

4. Estabeleçam as metas pessoais, as metas do casal/ família e as metas da empresa.

5. É importante, cada um ter suas metas pessoais e/ou atividades para que cada um mantenha sua individualidade e seu tempo.

6. As metas precisam ser acompanhadas de um planejamento para que vocês tenham algo para seguir.

7. Respeitem os desejos do outro, sua forma de ser.

8. Conversem sempre, o diálogo e a transparência são as melhores coisas.

9. Assuntos profissionais devem ser tratados na empresa, assuntos particulares deixem para tratar apenas em casa. É claro que os assuntos acabam se misturando muitas vezes, mas aqueles que são polêmicos tratem apenas no local adequado.

Enfim, se você quiser continuar casada(o) e com seu marido/ esposa como sócia(o), lembre-se sempre: “Não leve seu sócio(a) para a cama e nem seu marido/esposa para a empresa”.

Boa sorte!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: