Skip to content
12 de julho de 2011 / Espaço do Empreendedor

A importância de nossas histórias

by Valeria Nakamura

No começo do mês, tive a oportunidade de encontrar meu amigo Christian Barbosa com quem adoro conversar e ele me contou sobre o curso que havia feito com Anthony Robbins que diz que toda pessoa precisa contar sua história.

Já havia pensado muito sobre isso, principalmente, quando li o livro do Mário Sérgio Cortella intitulado “Qual é a tua obra?”. Por isso, resolvi me dedicar a este post.

Os grandes homens e mulheres sempre têm histórias para contar. Talvez, muitos de nós não nos tornemos famosos, mas podemos ser grandes para nossa família, nossos amigos.

Antigamente, era muito mais comum, sentarmos em torno de uma mesa e ouvirmos histórias de nossos avós, bisavós. Hoje, algumas histórias começaram a se perder pela falta de convivência.

Quais as histórias que você ouviu de seus antepassados e que de uma forma ou outra, guiaram seus passos, ajudaram a estabelecer seus valores?

Qual história seus filhos, seus amigos, seus liderados, seus clientes, as pessoas de seu relacionamento contarão sobre você? Será que será uma história engraçada? De persistência e superação? De ensinamentos? De atenção, afeto, carinho, amor? Ou nem se lembrarão de sua passagem em suas vidas?

Hoje fiquei pensando nas histórias que me lembro e que me lembrarei sobre algumas pessoas. Às vezes, me vem algum fato desagradável ou triste, mas penso que isto me trouxe um grande aprendizado.

Mas, no final, tenho tantas histórias felizes que me lembro de meus pais, de minha irmã, de vários amigos queridos, de vários companheiros de trabalho, de meu marido, de minha filha.

Eles me deixaram várias histórias e qual a minha história?

Puxa! Descobri que não tenho uma, mas várias: da Valeria Empreendedora que começou aos 7 anos fazendo pulseirinhas de cordões, da Valeria Profissional que começou aos 17 anos e que recebia um salário que era exatamente o valor da faculdade, da Valeria Estudante que chorou uma semana com o primeiro “C” que tirou, da Valeria Amiga que fazia altas farras, da Valeria Família que tem momentos memoráveis, da Valeria Cinderela que um dia encontrou seu príncipe na escola técnica e viveram felizes para sempre com sua princesinha!

Eu sempre disse que nunca seria uma palestrante motivacional, pois não tinha história triste para contar (reparou que todos que atuam nessa área, contam histórias tristes?). Mas, revendo minha história, encontrei alguns fatos, entre eles, é que nunca tive um professor bonito para viver um amor platônico! Viu como sou triste???!!!!

Enfim, nossas histórias do passado nos ajudam a lembrar de onde viemos, de nossos valores. O que vivemos no presente, se for significativo, será mais uma história em nosso livro da vida. E, devemos criar a história que desejamos viver no futuro para um dia ser contada com orgulho!

Triste daquele que não possui histórias para compartilhar, pois serão as únicas coisas que deixará e que poderá perpetuar sua existência.

E você, quais são suas histórias?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: